readysetgo-logo
Portuguese English

Douro

Região Vinhateira

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6



    Os socalcos, a imensidão de videiras e o rio Douro conferem e esta região uma vista ímpar e paisagem assombrosa, em grande parte graças ao incessante e árduo trabalho das gentes da região.
    Intrinsecamente ligada à produção dos seus vinhos, toda a paisagem e montes encontram-se esculpidos em prol do vinho, assim como os hábitos da região são moldados segundo a sua produção.
    As águas espelham os imensos vinhedos, mudando de cor a cada estação. Os seus matizes vão desde o verde aos castanhos dourados, passando pelos tons laranjas e vermelhos. Por entre as folhas sobressaem as uvas brancas ou tintas, mais ou menos escuras, consoante a casta, e no mês de setembro as encostas do Douro enchem-se de pessoas para vindimar os montes, por forma a obter do fruto mágico: o famoso Vinho do Porto e os vinhos de mesa.
    A paisagem única da zona vinhateira do Douro foi uma das razões para a atribuição do título de Património da Humanidade, em 2001. Um dos critérios em que a UNESCO se baseou demonstra a importância da moldagem da paisagem pela mão humana, tirando partido de uma terra geograficamente estéril, através de métodos tradicionais.
    Separada da zona litoral e do seu clima temperado pela Serra do Marão que a protege dos ventos carregados de chuva que sopram do Atlântico, a região do Douro é caracterizada por verões quentes e secos e invernos rigorosos. A sua paisagem selvagem e montanhosa levou a que, até há relativamente pouco tempo, grande parte da região fosse distante e inacessível.
    É um destino espetacular, e para um entusiasta de vinhos é ainda mais interessante, sendo que graças aos investimentos recentes em infraestruturas nunca foi tão fácil visita-lo com tamanho luxo e conforto.
    A região do Douro, local do nascimento do vinho do Porto, é uma das mais antigas e mais belas regiões vinícolas europeias, rica em castas e quintas tradicionais, proporcionando um quadro onde o Homem e a Natureza trabalham lado a lado, em busca de uma “bebida perfeita”. Venha provar…



    Locais a visitar

    • Para além da paisagem deslumbrante do Vale do Douro, esta região tem muito para oferecer ao nível de património, parques naturais e quintas que oferecem das melhores provas de vinho de que há memória.
    • Na cidade do Peso da Régua, pequena cidade no coração do Douro, visite o Museu do Douro. Passeie pelo cais da cidade e aventure-se num dos seus cruzeiros turísticos… não se vai arrepender!
    • Outra opção, que nos faz recuar no tempo, é a viagem no Comboio Histórico a Vapor pela linha do Douro, fazendo o percurso Régua - Pinhão - Tua – Régua.
    • Próximo da Régua, tem a pacata cidade de Lamego, datada do tempo dos romanos, cheia de história, tradição e cultura. Visite o Santuário da Nossa Senhora dos Remédios e a Sé Catedral de Lamego.
    • Pode ainda conhecer o Parque Arqueológico do Vale do Côa, em Vila Nova de Foz do Côa, considerado a pérola da Arte Rupestre com mais de 26 km, ou visitar a Vila do Pinhão, Barca d’Alva (próxima da fronteira com Espanha) ou a Aldeia de Favaios, no concelho de Alijó, com muitos monumentos históricos e onde se produz o famoso Moscatel do Douro.

    turismo logos
    RNAAT n.º 152/2016