readysetgo-logo
Portuguese English

Fátima

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6



    Fátima é uma cidade portuguesa que pertence ao Distrito de Santarém e localiza-se aprox. a 123 km de Lisboa e a 187 km do Porto.
    Por se localizar no Maciço Calcário Estremenho o solo é muito rochoso e não retém muita água, mas como tem invernos bastante chuvosos, a água da chuva acaba por dissolver a rocha, criando grutas, dolinas e com lagoas subterrâneas. Os verões são quentes e, por regra, secos.
    O nome de Fátima tem origem moura, e corresponde ao nome de uma das filhas de Maomé. Crê-se, segundo uma lenda, que Fátima era uma princesa Moura, que foi raptada aquando da reconquista cristã sob o comando de D. Afonso Henriques, tendo sido dada em casamento a um conde de Ourém, em 1158. A princesa converteu-se ao cristianismo e foi batizada como Oureana. De forma a homenagear os seus antepassados deu o nome de Fátima ao primeiro lugar que a acolheu e posteriormente o seu nome cristão à Vila Nova de Ourém.
    Em Fátima ainda hoje se conservam muitos reflexos da sua ruralidade ancestral, como as cisternas, os moinhos de vento e outros elementos da arquitetura feita de pedra e cal. Poderá assim visitar o conjunto arquitetónico das aldeias de Ramila, as cisternas da Gaiola e Vale Cavalos, ou os moinhos de vento da Fazarga e Ortiga.
    A história de Fátima ficará para sempre ligada a 3 crianças (os pastorinhos de Fátima), Lúcia e seus primos Francisco Marto e Jacinta Marto, que em 13 de maio de 1917, enquanto passeavam as ovelhas, testemunharam a aparição de uma senhora de branco na Cova da Iria, onde agora se situa a capela das aparições. A senhora aparentava ter sido enviada por Deus com uma mensagem - rezar, penitenciar e consagrar - passando a visitar os pastorinhos todos os dias 13 entre maio e outubro de 1917. A última aparição ocorreu em 13 de outubro, e cerca de 70 000 peregrinos testemunharam e assistiram ao chamado “milagre do sol”.
    Nossa Senhora de Fátima revelou-lhes o Segredo dividido em três partes: a visão do inferno onde os pecadores viajavam sem fé, o anúncio do começo de uma guerra mundial (Segunda Guerra Mundial), a terceira parte do segredo foi escrita pela vidente irmã Lúcia em 1944. A 13 de maio de 2000, durante a sua visita a Portugal, o Papa João Paulo II, divulgou o conteúdo da terceira parte do Segredo.
    Até às Aparições Marianas de 1917, Fátima era uma aldeia desconhecida, mas a partir daí, com o fluxo de peregrinos de todo o mundo e a construção do Santuário de Fátima, Fátima cresceu em termos económicos e urbanísticos, sendo elevada a cidade em Julho de 1997, mundialmente conhecida como a cidade da Paz, e na esfera eclesiástica é hoje sede de diocese, em simultâneo com a cidade de Leiria.
    É hoje local simbólico da fé em Portugal, onde se realizam várias festas e romarias de cariz religioso durante todo o ano, sendo local de passagem obrigatório para acender uma vela, como sinal de agradecimento ou para um pedido especial, onde não raras vezes se deslocam peregrinos para cumprirem as suas promessas.


    turismo logos
    RNAAT n.º 152/2016